top of page

Medo de eletrificar sua bicicleta?

Atualizado: 4 de out. de 2023

Mais uma conversa entre dois amigos


- Opa! como vai tudo bom?

- Só alegria e você? Já colocou o tal motor na sua bicicleta?

- Estou quase, mas sabe... estou com um pouco de medo de fazer uma "cirurgia plástica" na minha bike, o que vai acontecer com minha bicicleta quando eu transformar minha bicicleta em ebike?

- Mas você tem medo de quê?

- Ah, seilá, por exemplo: os caras não vão furar minha bike inteira?

- Não não, o motor encaixa no mesmo lugar que o movimento central, se quiser tirar um dia, ela volta a ser o que era antes igualzinho.

- Hum, mas e a bateria? Pra fixar aquilo, vão ter que furar o quadro?

- Também não, a bateria fixa nos parafusos da caramanhola.

ebike trek com motor bafang ipedal
Uma bicicleta Trek "operada" ou "eletrificada"

Então chega aquela hora em que você pensa: “Poxa vida, eu vou entregar minha companheira, minha bicicleta querida na mão desses caras e o que é que eles vão aprontar com ela? Como será que ela vai sair do lado de lá?”


Essa preocupação não é exclusiva de poucos, na verdade muita gente faz essa pergunta por um motivo simples, a escolha de sua melhor bike para fazer a transformação para ebike sempre será a mais acertada, mas e o medo? E se os caras desaparecerem com as peças? E se cortarem meu quadro? E se um dia eu resolver tirar o motor da minha bike e ela nunca mais voltar ao que era antes?


Nesse artigo, vamos mostrar para o usuário de ebike iPedal que é possível ficar tranquilo diante desses questionamentos por alguns motivos muito simples, vamos lá:

  1. Know how. Os técnicos da iPedal possuem larga experiência com as bicicletas e quadros mais sofisticados (e caros) que você puder imaginar, além de dominar com folga, a capacidade de lidar com suspensão, transmissão, freios, caixas de direção, selins e tudo mais o que você puder imaginar que possa estar pendurado em uma bicicleta.

  2. Ferramental. Temos uma filosofia simples: Um bom serviço só é feito com a ferramenta certa. Então, esqueça as gambiarras! Ninguém irá apertar os parafusos de sua bicicleta com um alicate (meu Deus!!), temos uma oficina completa, equipada com todas as ferramentas necessárias para lidar com qualquer montagem e ajuste que for necessário.

Dito isso, vamos ao processo de transformação propriamente dito:



  1. Movimento central. Esse é o momento mais crítico da operação, pois existem diferentes tipos de movimentos centrais, cada um com sua ferramenta específica. Além disso, se nunca tiverem sido desmontadas antes, as roscas podem estar oxidadas, o que requer um pouco mais de atenção para não ferir a peça. Então, o movimento central de sua bicicleta será retirado, acondicionado em uma caixa e entregue para você junto com os demais itens que serão retirados no momento da entrega da ebike pronta, e se ele estiver em boas condições, poderá ser facilmente colocado de volta no lugar caso no futuro, você decida vender a bicicleta e tirar o motor para instalar em outra bike. No lugar do movimento central, entra o motor que já possui sua própria coroa e hastes de pedivela. Utilizaremos seus pedais. Se houver, a alavanca do câmbio ou o trocador dianteiro da bike será retirado, mas o câmbio dianteiro poderá ficar onde está, funcionando como guia de corrente, ou

ainda poderemos retirá-lo completamente e instalar um guia de corrente dedicado e especialmente projetado por nós (exclusividade iPedal).

  1. Bateria. Retiraremos a caramanhola (quando houver) e em seu lugar, será parafusada a bateria, utilizando os mesmos furos que já estão lá, não sendo necessário fazer novos furos, mesmo porque, a bateria é fixada também com fita dupla face de alto desempenho para garantir a estabilidade e sem danificar a pintura.

  2. Painel. O painel é encaixado no guidão no posicionamento adequado para seu perfeito funcionamento, bem como a botoeira, ao alcance de seus dedos.

  3. Sensor de freios. Esse acessório permite desativar o motor quando os freios forem acionados. A maioria dos clientes e ciclistas mais experientes não utiliza. A versão mecânica desse equipamento (para freios acionados com cabo de aço) acompanha os motores e pode (ou não) ser instalado nas bicicletas equipadas com freios a disco mecânicos ou freios tradicionais v-brake ou cantilever. No caso de freios a disco hidráulico, é possível adquirir o sensor magnético separadamente e instalar. Entretanto, a real necessidade desse item é uma questão pessoal e pode ser decidida posteriormente.

  4. Câmbio. As bicicletas anteriores a 2012, e os modelos mais básicos de hoje, vêm equipadas com uma transmissão de 7 a 10 velocidades, Esse conjunto traseiro costuma ter seu maior cassete (ou catraca), com até 34 dentes, que em conjunto com duas ou três coroas na dianteira, permite um bom número de combinações de velocidades. Esse conjunto irá atender tranquilamente a maioria dos usuários. Entretanto, para uso mais otimizado, no caso dos usuários que enfrentam muitas ladeiras regularmente e especialmente no que diz respeito à autonomia da bateria, um cassete mais versátil, com mais marchas e engrenagens com mais dentes (42, 46, 50 ou até 52) será um upgrade bastante bem-vindo, já que com uma relação mais reduzida, é possível conseguir mais força e torque para vencer ladeiras sem a necessidade de aumentar muito o nível de assistência do motor. Recomendamos que a transmissão esteja em estado de novo, o que pode ser verificado com um medidor de folga de corrente e uma inspeção visual no cassete, pois o torque adicional do motor pode fazer com que a corrente pule dentes, "patinando" sobre o cassete, o que pode causar quebra da corrente e do câmbio traseiro. Na dúvida, o ideal é guardar sua transmissão usada e instalar cassete e corrente novos na conversão.

Essa modificação pode ser feita em qualquer tempo e eventualmente poderá requerer uma extensão na corrente para compensar o maior diâmetro da engrenagem maior.

Finalmente, se um dia você decidir retirar o motor de sua ebike, pode ficar tranquilo que a “cirurgia plástica” que transforma sua bicicleta em ebike, diferente de uma cirurgia de verdade, é facilmente reversível sem qualquer prejuízo para suas características originais.




532 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page