Você olha sua bicicleta, gosta dela, é uma paixão... mas então aparecem as ladeiras e dá até desânimo. Na última vez, um amigo deu um empurrãozinho em suas costas, você até conseguiu vencer o lance final sem precisar descer da bike, mas dessa vez os caras te chamaram e você preferiu ficar em casa.

 

O tempo passa e sua bicicleta, que não custou nada barato, vem ficando largada na garagem. Dá até dó de olhar para ela.

 

Então você lembra daquele seu amigo que ajudou você no final da subida, já pensou ter um amigo assim... o tempo todo? É isso que faz o motor central em sua bicicleta, ele a transforma em um veículo híbrido elétrico. O motor dá o empurrãozinho que falta para você poder ir para onde quiser, subir o morro que quiser.

 

Você seleciona facilmente o quanto de exercício você deseja fazer e vai feliz, com a bike mais leve do mundo, mais rápido... mais fácil.

É preciso ser um pouco atleta para subir uma montanha pedalando, mas de ebike, você chega lá. O simples ato de percorrer maiores distâncias e andar mais rápido beira o impensável para algumas pessoas, é por isso que mais que diversão, ebike é inclusão. O auxílio do motor torna possível o que antes era exclusivo para pessoas que possuem preparo físico.

Como funciona?

Basicamente a ebike é uma bicicleta comum que possui um motor elétrico, que divide com o ciclista, a tarefa de "fazer força" para a bike andar. Chamamos a isso, "assistência de pedal".

O motor é alimentado pela bateria que normalmente é feita em lítio e é recarregável em uma tomada comum, igual a um celular ou laptop.

Uma ebike possui normalmente, a capacidade de rodar várias dezenas de quilômetros, o que está diretamente relacionado à potência do motor, capacidade de carga da bateria, o uso (passeios no plano, subidas de ladeiras íngremes, emprego de mais ou menos potência e inúmeros outros fatores).

ebike motor classes.jpg

Clique para baixar o termo de ciência e responsabilidade sobre o uso de motores e Ebikes Classe 2.

ebike na montanha.jpg

Cesar e Denis no topo do mundo com suas ebikes. Um sonho realizado: chegar onde ninguém chegava.