top of page

Ciclistas enlouquecem ao ver idoso pedalando ladeira acima

Atualizado: 26 de dez. de 2023

Mitos e verdades sobre ebikes


Ouvi essa conversa outro dia no supermercado.


— Dona Maria, a senhora aqui no supermercado? Seu filho está esperando lá fora?

— Não meu anjo, eu vim de bicicleta.

— De bicicleta? Mas a senhora está forte hein? Como é que conseguiu subir a ladeira até aqui?

— É que minha bicicleta é uma ebike, filha

— Ebike? o que é isso?

— E de envenenada, rsrs... É que eu coloquei um motor central nela e agora eu escolho a força que estou disposta a fazer nos pedais, o resto, o motor ajuda.

— Nossa, mas que interessante, agora a senhora pode sair com a gente pra pedalar no sábado então?

— Posso sim, eu consigo acompanhar vocês e ainda fazer muito exercício sem cair desmaiada quando chegar no topo do morro, hehehe...

— Mas que bacana, não? Quer dizer então que esse negócio de ebike é inclusão social pura, né?

— É verdade, antes de colocar o motor, eu não me atrevia a tirar a bike da garagem com medo de aguentar voltar para casa, mas agora, eu regulo a potência e posso ir onde quiser, vir no supermercado e até ir passear com o grupo do pedal no fim de semana, mudou minha vida.

É uma ótima notícia ver que um esporte que normalmente requer que seus praticantes contem com um preparo físico ao menos um pouco privilegiado, pode proporcionar a mesma experiência à pessoas que não gozam das mesmas vantagens físicas.

Não é difícil concordar que a ebike pode se tornar acima de tudo, um meio de inclusão social.


Basta olhar o que está acontecendo no restante do mundo, especialmente nos países mais desenvolvidos como os EUA, Canadá, o eixo Europeu e boa parte do Oriente (Japão e China). A cada dia mais pessoas tomam conhecimento das reais vantagens do uso de bicicletas elétricas e gradualmente o mitos vão se desfazendo enquanto os usuários compreendem as diferenças entre as ofertas do mercado.


Entre os “mitos” que mencionei acima estão:


1 - Não faz exercício


Mito: Ao que tudo indica, quem passa a andar de ebike termina fazendo muito mais exercício que antes porque passa a percorrer distâncias muito maiores devido a redução do fator "receio de não aguentar". Pessoas que pedalavam 10 ou 15km de bicicleta convencional, ultrapassam facilmente a barreira dos 50km o que significa muito mais tempo e muito mais movimento sobre a bicicleta num padrão de movimento que favorece a zona aeróbica.


2 - Pedalar é exaustivo


Em termos, pedalar pode ser mais ou menos exaustivo dependendo do tipo e inclinação do terreno, das condições da bicicleta e do nível de potência escolhido para a assistência elétrica do motor.


3 - É “trapaça”


Em termos, usar o termo "trapaça" me parece algo preconceituoso, mas vamos encarar como brincadeira. Então surge a pergunta: como considerar trapaça quando uma pessoa que não possui o mesmo vigor físico que outra, consegue dividir com ela, o prazer de passear de bicicleta por terrenos que lhe seriam intransponíveis ou no mínimo excessivamente cansativos sem o auxílio elétrico?


4 - É difícil de usar


Mito: o usuário de ebike tem que apertar um botão para ligar e eventualmente regular o nível de potência no painel. Também precisa carregar a bateria ligando-a na tomada, exatamente como fazemos com o celular todos os dias.


5 - É coisa para velhos


Para "velhos", e para qualquer pessoa que queira pedalar tanto quanto pedalava antes, só que mais rápido, percorrendo maiores distâncias, fazendo mais exercício e se divertindo muito mais. Se isso é uma prerrogativa "de velhos", eu quero isso para mim!


Esses mitos são controversos, alguns preconceituosos até, mas é interessante tentar compreender suas origens e usar contra-argumentos concretos, críveis e sensatos.

De fato, ebike é um universo vasto que compreende desde modelos radicalmente econômicos até as propostas top de linha das “Big Brands” do mercado mundial, como Specialized, Trek, Scott e várias outras.


saiba mais sobre ebikes e conversoes

Custo VS experiência

No Brasil, muitas pessoas ainda estão aprendendo e tentando entender a diferença entre bicicletas que custam menos de R$1.000,00 e aquelas que custam mais de R$100.000,00. É difícil explicar a diferença de tecnologias usadas nos motores e baterias das bicicletas elétricas (ebikes) para as pessoas que estão iniciando. Às vezes as pessoas se perguntam por que uma bicicleta comum pode custar tão caro, como uma Scott Spark RC, que custa R$115.000,00. Na verdade, um carro simples como um Fiat Uno pode levar você ao mesmo lugar que um carro esportivo como um Bugatti Veyron, e uma sacola de supermercado pode carregar mais coisas do que uma bolsa Louis Vuitton. Até um celular antigo pode fazer chamadas tão bem quanto um iPhone 14 Pro Max.

É claro que uma bicicleta de R$115.000,00 pode oferecer uma experiência única e especial, mas muitas pessoas não precisam de tanto para um simples passeio com amigos ou família. Geralmente, essas bicicletas são adquiridas por pilotos avançados de competição. Por outro lado, um conjunto eficiente que ofereça um mínimo de conforto, qualidade e versatilidade é um sonho de consumo para quem pratica cicloturismo ou pedala regularmente para o trabalho. No entanto, algumas propostas do mercado podem decepcionar o usuário nesse aspecto.


Tendência do usuário satisfeito

Se você é um entusiasta de bicicletas e experimenta modelos um pouco mais avançados, dificilmente quer voltar atrás. Por exemplo, se você gosta de trilhas e experimenta uma bicicleta com uma boa suspensão, não se sente confortável em pedalar um modelo com suspensão simples. Se você gosta de natureza, provavelmente enfrentará ladeiras e, se a bicicleta tiver uma relação de marchas adequada, você chegará ao topo sem precisar descer e empurrar, sentindo-se muito feliz.

Bicicleta "Eletrificada" com kit iPedal

A verdade é que a maioria das pessoas não precisa de uma bicicleta caríssima de competição das grandes marcas no curto prazo. No entanto, a maioria dos ciclistas assíduos que valoriza conforto, qualidade e desempenho não ficarão satisfeitos com um modelo muito básico. Da mesma forma, aqueles que desejam uma experiência aprimorada ao pedalar com uma bicicleta elétrica, dificilmente ficarão satisfeitos com os modelos mais simples disponíveis no mercado.


Gostou do texto até aqui? Continue lendo então, que agora vamos partir para um estudo comparativo bastante interessante:


Objetivo


Naturalmente, nosso objetivo é mostrar para o público que é uma vantagem bastante sensível fazer a opção pelos equipamentos iPedal. Para comprovar essa afirmação, apresentamos a seguir, um estudo comparativo:


Ofertas do mercado


Ao investigar as opções que o mercado oferece em termos de ebike, chegamos a quatro possibilidades bastante distintas e claras que classificamos através de um sistema de média de notas obtidas, são elas:


Motor de cubo

Clássico motor de cubo 500W

A proposta do motor de cubo é a que oferece a melhor eficiência de custo, ou seja, a opção mais barata. O motor de cubo consiste em um motor conjugado com o cubo da roda da bicicleta. Muitas vezes será necessário substituir os raios ou a roda inteira.


Kit motor central “instale você mesmo” via Ali Express

A compra online por importação direta é factível, porém o comprador fica sujeito não apenas ao risco e à falta de garantia, mas também à limitação técnica do setup do equipamento imposto pelo fabricante para atender às limitações do mercado mundial.


Big Brands

Uma Specialized Turbo Tero 3.0 com motor 250W e bateria de 530wh

São os motores mais famosos, como Bosch, Shimano, Yamaha e outros. Não servem para conversão de uma bike convencional existente e não podem ser comprados separadamente de uma eBike no Brasil. Dependem de quadros e baterias dedicadas e possuem limitação de potência intransponível. São as opções mais custosas, utilizadas pelos grandes fabricantes como Specialized, Trek, Scott e outras.



Uma bicicleta do tipo Fat Bike da Specialized equipada com motor central iPedal Bafang de 750W e bateria de 585wh.

iPedal conversão com motor central

São sistemas completos de ebike, compostos por bateria off road de fabricação própria, motores de marcas estabelecidas como Bafang e TS, painéis e comandos de guidão. São versáteis, podem ser instalados em qualquer bicicleta e não possuem restrições técnicas de uso de baterias. Além disso, possuem garantia nacional, assistência técnica, fornecimento de peças e suporte técnico.



Tabela comparativa


Em seguida apresentamos na tabela abaixo, algumas variáveis que foram utilizadas para se chegar a um comparativo mais eficiente. Estas variáveis correspondem a itens que são considerados essenciais pelo público comprador e que normalmente são utilizados como parâmetro para a tomada de decisão de compra.



Definições dos itens


1. Potência e Torque

A iPedal tem uma gama de motores, com potência e torque originais que vão de 250W de potência nominal e 80Nm de torque, até 1000W de potência nominal e 160Nm de torque. Cada um dos diferentes motores pode ser reconfigurado em nossa oficina para aumentar o desempenho ou aumentar a economia de energia, conforme a necessidade da aplicação.


2. Autonomia

A iPedal projeta e fabrica suas próprias baterias. Combinando células de alta qualidade, dimensionamento elétrico correto e geometria de montagem, chegamos a uma gama de baterias de diferentes capacidades, desde as superleves, apenas para trajetos curtos, de 270Wh e 360Wh, passando pelas de competição, de 702Wh, até as de uso pesado e longa distância, de 1600Wh ou mais. Nos campeonatos de XCO e XCM, a vantagem da autonomia da iPedal tem sido decisiva em seguidas vitórias nas provas.


3. Eficiência de Custo

Quanto mais barato, mais eficiente é o custo. Aqui os motores de cubo são os mais baratos de comprar. Porém, no ciclo de vida, outros custos aparecem, como problemas de funcionamento pelo uso e desgaste acelerado da bateria pela baixa eficiência. Já as "Big Brands" têm preços especialmente altos e suas soluções não podem ser implantadas em bicicletas convencionais. Além disso, não é possível fazer qualquer tipo de retrofit ou reparo elétrico nesses modelos, pois trabalham com padrões exclusivos de geometria de montagem e de comunicação entre os componentes da motorização. Já as soluções de motor central Open Source como as da iPedal, posicionam-se em um importante ponto de equilíbrio, com custos muito competitivos e desempenho igual ou superior às "Big Brands".


4. Durabilidade

Os sistemas de eBike têm sua durabilidade vinculada a aspectos mecânicos e elétricos. Mecanicamente, existem rolamentos e engrenagens, que requerem lubrificação periódica, juntas e vedações no motor, bateria e conectores elétricos, que impedem a entrada de água (inimiga nº 1 dos sistemas) em condições corretas de uso. Os motores de cubo são muito mais vulneráveis a esforços mecânicos como impactos e vibrações, além de suscetíveis à entrada de água da chuva. Sua durabilidade é sensivelmente menor, e fica ainda mais comprometida se usada na terra ou trilhas. Os sistemas da iPedal, por sua vez, contam com alta durabilidade comprovada por uso em competições e clientes hard users. Um de nossos clientes, por exemplo, já superou a marca de 25.000km rodados.


5. Assistência Técnica

A iPedal é a única solução que oferece, além da garantia de 1 ano, assistência técnica integral com possibilidade de diagnóstico e substituição apenas dos componentes com problemas. Temos equipe treinada, ferramentas e equipamentos de diagnóstico elétrico. Estamos desenvolvendo nossa rede de parceiros para estarmos ainda mais próximos de nosso cliente ciclista. As "Big Brands", importação direto do AliExpress e motores de cubo não dispõem dessa possibilidade. Se houver cobertura de garantia, como nas "Big Brands", normalmente o sistema inteiro ou grande parte (motor, bateria e chicotes) precisa ser substituído, com a certeza de um tempo de espera imenso, desperdiçando recursos e carregando o preço de venda. Já nas compras diretas e motor de cubo, a solução do cliente é comprar outra grande parte e ficar com a parte defeituosa.


6. Peso

Mesmo com diversas diferenças de conceito, a diferença de peso entre os sistemas é mínima e termina não influenciando a decisão de compra. Invariavelmente, é necessário usar diversos rolamentos, engrenagens e eixos, que são de aço, para suportar os esforços de motorização. Além disso, o peso da bateria é diretamente proporcional à sua capacidade de armazenamento, aspecto que evoluiu muito com a popularização das células de lítio de química NCM (a maior densidade de armazenamento), que são amplamente usadas em mobilidade, de eBikes a patinetes, carros, motos etc.


7. Ride & Handling

Esse aspecto é a combinação do Ride, que são as condições normais de pilotagem, onde o ciclista vai perceber suavidade de partida, facilidade de condução, boa integração da motorização com a pedalada natural, bom escalonamento dos níveis de assistência. Já o Handling são o que conhecemos como Condições Limite, que são reproduzidas em momentos de máxima energia, competições, trechos técnicos e afins, São momentos onde o piloto vai perceber a capacidade de sprint e cadência máxima de assistência, rapidez da desativação da assistência em momentos técnicos e de equilíbrio fino, controle da tração do pneu traseiro em piso solto ou liso, retomadas de aceleração em saídas de curva.

Os sistemas da iPedal são inquestionavelmente capazes de entregar uma experiência equivalente ou superior àquela proporcionada pelas "Big Brands", pois contam com programação específica de firmware para as diferentes aplicações e podem ser customizados com input do cliente. Além disso, temos em nossa linha diversos upgrades para aumento de potência, torque, vedação, painéis especiais, guias de corrente, coroas etc. que maximizam a experiência. Todas estas características já foram exaustivamente testadas e aprovadas em condições limite encontradas nas competições.


8. Design & Marca

Aqui as "Big Brands" ainda reinam, com seus acabamentos refinados que proporcionam uma ótima aparência. Entretanto, o custo é alto e precisam de alto volume de produção. Não se engane, por baixo do acabamento, os sistemas da iPedal são até mais bonitos. As "Big Brands" também contam com a reputação de suas marcas, além de consideráveis verbas de comunicação. Tudo isso é devidamente repassado ao consumidor, sem que necessariamente, isso altere a qualidade da experiência. A iPedal segue profundamente dedicada a conquistar essa reputação. No mercado desde 2016, a iPedal já é a mais experiente empresa de eBikes do Brasil.








instagram @ipedalebike

Whatsapp 1198838-8438 Loja virtual em https://ipedalshop.com.br

Rua Antônio André Rodrigues 101 - Chácara Mafalda - São Paulo, SP


146 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page